4 de abril de 2013

Tempeh com Quinoa e Ervilha de quebrar


Deixei a alimentação macrobiótica quando engravidei, nunca deixei totalmente mas comecei a comer carne e peixe regularmente. Foi uma escolha, não vale a pena pensar muito no assunto agora. Mas a minha pequena S. adora quando cozinho Tofu, Seitan ou cereais integrais, por isso estou muito mais motivada. Confesso que agora sinto falta esta alimentação tão mais equilibrada.

A sugestão de hoje é Tempeh, raramente coloco estas receitas no Blog porque acho que são tão fáceis de fazer, mas cada vez mais me perguntam como cozinhar certos alimentos.


Tempeh (podia ser tofu ou seitan): duas colheres de óleo vegetal uma colher de molho de soja, dois dentes de alho esmagados, colocar os 3 ingredientes numa frigideira deixar o alho fritar 2 minutos e colocar o Tempeh fatiado a gosto, fritar durante 5 minutos de cada lado ou até ficar dourado.

Quinoa: dependendo da marca deve seguir as instruções de cozedura. Fazer a mesma medidas que se faz de arroz colocar 2,5 vezes de água e deixar 15-20 minutos 

Ervilhas de quebrar: cozidas ao vapor com um pouco de água, não cozer demasiado 5-10 minutos ( não podem perder o verde vibrante) estou fã desta técnica.



Uma adaptação da macrobiótica para Portugal do meu querido Professor Kazou Kon recomenda as seguinte proporções: 

40% cereais integrais
30%Vegetais
20%Algas marinhas e feijão pequeno (ou 20% de peixe branco e carne de aves)
10% fruta

Para quem quiser saber mais sobre macrobiótica recomendo o Livro: 'Macrobiotica Zen' de Sakurazawa Nyoiti, se precisarem de ajuda enviem-me uma mensagem para o facebook da 'Cozinha sem avental' , ou deixem-me o vosso email.

Um bom dia e bons cozinhados... saudáveis!

9 comentários:

  1. Bom dia Sandra :)

    Fiquei muito curiosa em relação ao tempeh! Eu faço uma refeição vegetariana por dia, mas descobri recentemente que sou intolerante à soja, e isso acabou por dificultar um pouco as minhas opções. Nunca experimentei tempeh, é feito com soja?

    Beijinhos e tem um bom dia :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, compreendo que seja mis difícil, mas acho que deve apostar na leguminosas e algas. Vou trazer aqui algumas sugestões brevemente!

      Eliminar
  2. OLá Sandra, é incrivel como o nosso corpo começa a pedir alimentos mais saudáveis! Que bom que a tua filhota gosta destas coisinhas boas. :)

    Já fiz uma vez tempeh e detestei, mas ando morta para experimentar d novo. vou seguir as tuas indicações.

    Bjinhos

    Sara

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existem marcas melhores que outras amanhã já te confirmo as que gosto mais.Onde costumas comprar estes alimentos?

      Eliminar
  3. Olá Sandra,

    normalmente ou no celeiro ou na biocoop

    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então consegues encontrar de boa qualidade. Eu gosto mais do que necessitam de frio do que vêm em frasco. O Seitan da Biocoop é muito bom!

      Eliminar
  4. Não conhecia, fiquei curiosa.
    Kiss, boa semana

    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/04/projeto-escolha-do-ingrediente.html

    ResponderEliminar
  5. Olá Sandra, vou guardar esta receita! Já experimentei tempeh há alguns meses atrás e o sabor não me convenceu. Agora vou seguir a tua receita para ver se consigo dominar esta proteína vegetal diferente :)

    Beijinhos e continuação de um bom trabalho!

    ResponderEliminar